Follow by Email

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

DICIONÁRIO YORUBÁ LETRA N


Motumbá, amados (as) amigos (as) do BLOG OLHOS DE OXALÁ

Pedimos perdão a todos vocês, aqui estamos nesta nova SEXTA-FEIRA,  dando continuidade à COLETÂNEA DICIONÁRIO YORUBÁ, de nosso amigo e COLABORADOR BABALORIXÁ EDSON DE OXUM, que também esta meio ocupado com suas funções na FEDERAÇÃO, com seus preparativos para o curso de dança e toques afro-brasileiros. 


– gastar, já, primeiro de todos 
NA - também 
– bater no animal, bater na pessoa com a mão, castigar, estender 
NÁÀ – aquele mesmo, “o” e “a” (artigos), também 
NADAGU - bombachas 
NA OJÀ - negociar, pechinchar 
NÀNÁ – Divindade das águas primordiais, dos pântanos e brejos. Associada quer ao limo fertilizante e a vida, ou a putrefação e a morte. Considerada mãe de Omolú é sincretizada com Sant'Ana. Suas cores são o vermelho, o branco e o azul que exibe em seus colares. Sua insígnia é o Ibiri – artefato confeccionado com a nervura central das folhas do dendezeiro, de ápice recurvo como um báculo. Seu dia é sábado. Saudação – "Sálùba" 
NÀNGÚDÙ – calça comprida 
NANI - sentir 
NÀWÓ – gastar 
NBA – juntar-se 
NBÓ – estar descascando 
NDÀ – onde? 
NDÁO – nuca (Vd. LAI) 
NFE - amar 
NEW – nadando (Vd. OMOWÉ, LUWÉ
NGBE - morando 
– ter (verbo possuir), falar, obter (Vd. SO, WÍ, JÉRE, RIGBÁ, DÉ, FÍ, SI
NI – é (verbo ser), em, no, na, alguém, que (Vd. ÈMI
NI – tarde (pôr do sol, fim da tarde) 
NI ÀÁRÒ – de manhã 
NÍ ABÉ – em baixo 
NI AÍYÉ ÒNÍ – no mundo de hoje 
NI ÁLE – de noite 
NI ÀNÁ - ontem 
NI APÁ – ao lado de, em torno de (Vd.
NI ARIN – no meio, entre 
NI ARO – de manhã 
NÍBÈ, NÍBÈNÁÁ – ali, lá (Vd. IBÉ
NÍBÈYEN - acolá 
NIBÍ – aqui, neste lugar 
NÍBIKÍBI – em todo lugar, qualquer lugar 
NIBINÚJE – triste (Vd. FIFARO
NÍBITÍ - onde 
NIBÓ – amplo 
NÍBO NI – onde? Aonde? 
NIBUKÚN – abençoado 
NIBURA – falso (Vd. LAILOTÓ, AFORANMÓNI, YOBÁ
NIDAKÉ – quieto (Vd. AIDUN, TÚTÚ
NIDAYI – nesta hora 
NIFAIAYA – encantador (Vd. AFAIYÁ-KORIN, GBAJÉ
NÍFE - amar 
NÍGBÀGBOGBO – sempre 
NÌGBÀNÁÀ – às vezes, então 
NÍGBÀTÍ – quando 
NÍGBÀWO NI – quando? 
NIGUN – magro (Vd. TERÉ, BELÉ
NÍHÒHÒ - pelado 
NÍ ÌFÉ – amar 
NI IGI, NIGI – na árvore 
NIJÉTÀ – anteontem (Vd. ÌJÉTA
NIJÍ – escuro (Vd. OKUNKUN
NIJOKAN – um dia 
NIKAN – sozinho (Vd. KANSOSO
NIKANRA – mal-humor 
NIKANSOSO – sozinho 
NILAJÀ – pacífico (Vd. ELÉRÒ, LAJA) 
NILARA – invejoso (Vd. ÌLARA
NILÁTI – dever, ter que 
NILÊ - na casa, em casa 
NIMÓ – sábio (Vd. GBÓN, OWOWÉ
NINI – muito (Vd. JAI
NINORA - tranqüilo 
NÍNÚ – dentro 
NÍNÚ ILE – dentro de casa 
NI OLÁ – amanhã 
NÍ ORÍ – em cima de, sobre 
NI ÒRU – de madrugada 
NI ORÙN – no pescoço 
NÍ OTÍ – ter bebida 
NÍ OTÙNLÁ – depois de amanhã 
NÍPÀ – sobre (a respeito de) 
NIPA – poderoso, valente (Vd. LAGBARÁ
NÍPA KÍNI, NÍPA TANI – acerca de quem? 
NÍPARÍ – enfim, finalmente 
NIREJE - vigarista 
NIRELÉ – humilde, modéstia (Vd. ÌRÈLÈ, RÉSÈSÉLÈ
NIRERA - requintado 
NÍRUN – ser cabeludo 
NISALE – embaixo, sob (Vd. LÁBÉ
NISEKUSÉ – mal (Vd. BUBURU
NÍSISÍYI – agora, imediatamente 
NÍSISÌYÍ KÓ – ainda não 
NÍ TÀNMAN - entender 
NITIJÚ – acanhado 
NÍTÒÓTÓ – em verdade 
NÍTORÍ, NÍTORÍTÍ – porque 
NÍTORÍ KÍNI? Por quê? (pergunta) 
NÍTORÍNA – por isso (Vd. TORI
NITORÍPÉ – porque (resposta) 
NÍTORÍWA – por nossa causa 
NIWAJU – frente 
NJE – partícula usada para interrogação, bem 
NJEUN - comendo 
NJO - dançar 
NKAN – coisa 
NKAN OSÙ – menstruação 
NKANKAN - alguma coisa, nada 
NKANKÍNKAN – elementos 
NKÓ – acerca de 
NKO – partícula para interrogação, não 
NLA – grande 
NLANLA – enorme 
NLÁRA – matéria (Vd. LARÁ
NLO - indo 
- esticar 
NOS – vá (verbo ir) 
NRI – vendo 
NRIN – caminhando 
NRO - pensando 
NSO – estar falando 
NSUN - dormindo 
NTO – urinando (Vd.
NU – sumir 
- limpar 
NWON – eles (pronome pessoal) 
NYÍN - você 

DICIONÁRIO YORUBÁ LETRA M


Dando seguimento ao DICIONÁRIO YORUBÁ, aqui estamos postando algumas palavras correspondentes à letra "M" em nosso uso cotidiano, de nossa RELIGIOSIDADE

Lembrando que esta é uma postagem de colaboração de nosso amigo BABALORIXÁ EDSON DE OXUM, que já se encontrava em nossa grade de postagens, mas que por motivos da re-estruturação de nosso BLOG, a COLETÂNEA DICIONÁRIO YORUBÁ esta sendo postada novamente a fim de seguir dignamente sua sequência, evitando como as demais postagens fugirmos do foco central como ocorreu.

Pedimos desculpas pelo transtorno mas acreditamos que esta sendo proveitosa para muitas pessoas que não acompanharam anteriormente. 


MA, MÁA – habitualmente, de fato, realmente 
MÁ, MÁ SE – não (imperativo) 
MÁ BINÚ– desculpe-me (Vd. DARIJI, MI, FORIJI MI
MAGA ou MAGBA – sacerdote chefe do Orixá Xangô 
MÀILÌ – milha 
MA-INA – acender o fogo 
MÁJÈLÉ – veneno (Vd. ORÓ
MALEKÀ - anjo 
MÀLÚÙ - boi 
MALÚ – vaca (Vd. ERANLÀ, ABO MÀLÚÙ
MALUKÉ – tumor (vd. ÀLEFÓ
MALU ORAN - mula 
MALÚÙ AKO – boi, vaca 
MÀNAMÁNA – raio (Vd. AARÁ, EDÚN AARÁ). 
MÀRÌWÒ – As folhas desfiadas do dendezeiro (Elaeis guyneensis, A. Cheval, PALMAE) que guarnecem as entradas de uma casa-de-santo contra os egún, os espíritos dos mortos. Tala do olho do dendezeiro desfiado. 
MATAMBAInkice (Deuses de origem Bantu) semelhante eo Orixá Oyá (vd. ÌYÁSAN
MAWU –Vodum(Deuses de origem Fom- Djedje) semelhante ao Orixá Oxalá (vd. ÒÒSÀÁLÁ
MBÉ - existir 
MBÒ - vir 
MÉFÀ – seis (numeral) 
MEJÁ – lúcido, brilhante, luzente 
MEJE – numeral sete 
MEJEMÚ – acordo 
MEJEJI – ambos 
MÉJÌ – dois (numeral), casal (Vd. OKOLAYÀ
MELIKURI – Rio que fica nas Montanhas de Kofiu 
MELO? – quanto? (Vd. ELÓ, ÈLÓ NI
MÉLÓ NI – quantos(as)? 
MÉRIN – quatro (numeral) 
MÉRÌNDÍLÓGÚN – dezesseis (numeral) também usado para referir-se a um sistema de adivinhação usado pelos iniciados de Orixás que está baseado nos primeiros 16 versos da divindade Ifá (Odú) 
MÉTÀ – três (numeral) 
METAMETÀ – de três em três 
MÉWÀ – dez (numeral) 
– mexer, balançar 
MI – mim, meu, minha, eu engolir, respirar (Vd. ÈMI
– respirar 
MÌ ARA – balançar o corpo 
MÌ ESÈ – balançar a perna 
MIKÁN – suspirar 
MIMÓ – conhecido, limpo, puro, sagrado (Vd. ÒSESE, ÀIDALU
MIMOGARA - transparente 
MIMOKUN – mancar, manco 
MIMOSINU – secreto (Vd. BOKELÉ
MÌ ORI – balançar a cabeça 
MÍRÀN - outro 
– limpo, limpar, estar limpo, contra, romper o dia 
– conhecer, saber, entender, compreender, resolver, sentir (Vd. IMO
MO – eu (pronome pessoal), formar (Vd. ÈMI
MODAKEKE – cidade populosa situada nas colinas ao sul-oeste de Ijesa 
MODÉ - cheguei. 
MOGBÁ - título de um sacerdote do culto de Xangô. 
MOJÚ – saber, conhecer 
MOJÚBÀ – Louvação endereçada aos ancestrais ilustres, forças da natureza e aos próprios Òrìsà, durante os ofícios litúrgicos. 
MOLE – junto ao chão 
MÓLÈ – brilhar 
MÓLÉ – construir a casa 
MOLÉMOLÉ – construtor 
MÓLÚ – colar, aderir 
MÒNÀ – saber o caminho 
MONGÒRÒ - manga 
MÓORU – tempo quente 
MORA – junto (Vd. SIBIKAN, JÙMÒ
MORE – agradecer 
MÓSÀLÁSÍ – mesquita 
MÓTÒ – motocicleta, automóvel 
MOWÉ – sr capaz de nadar, ser culto 
MOWODURO – abrandar 
MÒYE – compreender, ter percepção 
MU – fumar 
- receber, concordar, pegar, ajudar, socorrer, salvar (Vd. BÒ, GBÀ, GBÉ) 
- beber, tomar, desaparecer, sumir 
MÚ, MUWÀ – pegar 
MUDAKE, MU SE WÓ – acalmar 
MUDE – acorrentar 
MÚ-DÌ - congelar 
MÚ-DÙN – animar 
MÚ-DÚRO – manter, sustentar, fazer ficar em pé ou esperar em pé 
MÚ-FERÈ, MÚ-FUYE - relampejar 
MUFERI – refrescar (Vd. TULARA
MÚ-JÁDE – criar, tirar fora, levar fora 
MÚKAAMI – magoar 
MÚ-KI - congelar 
MUKURÓ, MÙLO - levar embora, tirar (Vd. YESILÉ
MU-LE – endurecer 
MÚLÉKÉ – acusar alguém de mentira 
MULÓMULÓ – liso (Vd. OBOTÓ
MUNIYÍ - enfeitar 
MU OMI - tomar água 
MU OTÍ - tomar bebida 
MÚ ÒYAN, MÚ ÓYON, MÚNYON - mamar 
MURO – erguer, levar (Vd. FASOKÉ, FIKÓ
MUSÁ – enfraquecer (Vd. FEBIPA
MUSISE – ensinar errado 
MUTÌYÓ – bêbado 
MU-TOBI – engordar 
MÚ-WA – buscar, trazer 
MÙWÈ - nadar 
MUWÓ – abrigar 
MUWOLÉ – trazer 
MU-YARÁ – apressar MUZENZA – Diz-se dos filhos-de-santo nos candomblés de "nação" angola. O mesmo que iaô. Por extensão, designa a primeira saída pública do neófito no rito Angola. Significa, literalmente, "estranho ser animado", na etimologia da língua kikongo. 

DICIONÁRIO YORUBÁ LETRA L


Queridos amigos (as), aqui estamos mais uma vez dando continuidade à postagem de nosso COLABORADOR BABALORIXÁ EDSON DE OXUM, com sua COLETÂNEA DICIONÁRIO YORUBÁ. 

Esperamos de fato que esta maneira que estamos aplicando tenha sido a melhor forma a fim de quem ninguém se perca no acompanhamento deste tema. Agora vamos dar seguimento com a letra "L", nesta postagem. 



– abrir, partir, quebrar 
– chupar, lamber, fugir, sonhar (Vd. LÁ, SALO
LÀÁLÀÁ - esforço 
LÁÀÀRIN – entre - (no meio de) (Vd. ÀÀRIN
LÀ A RÒ YE! – Saudação à Exu (Nos dê entendimento sobre a vida) 
LABÁ - bolsa de couro usada no culto de SÒNGÓ 
LABÀ – bolsa, sacola, saco (Vd. ÀPÒ
LABALÁBÁ – borboleta 
LÁBÉ – sob, em baixo de (Vd. NISALE
LÁBELÈ - secretamente 
LABORÍ – acima de tudo 
LADOFO – excesso, orgulho, arrogância (Vd. ÀGBERE, ÌGBÉRAGA
LADUGBÓ - moringa 
LADÙN – doce (Vd. DÙN, ADÙN
LAGBAJÀ – forte (Vd. ALAGBARA, TAGUN
LAGBARÁ - poderoso 
LÁÌ – sem (preposição) 
LAI – nuca (Vd. NDÁO
LAÌ – eternamente (Vd. LAILAI, TÍTÌ-AIYE
LAIBA - sincero 
LAIBÓ – descoberto, nú 
LAIDARA – feio (Vd. ALAILEWÀ, SAILEWÀ
LAIDARÁ-FÉ - malquisto 
LAIDUN – desagradável (Vd. ALAIDUPE
LAIDUNMÓ – aborrecido 
LÁIKÚ - imortal 
LAIKUN - vago 
LAILAGBARA – fraco (Vd. SAILERA, AINI GAGBARA
LAILAI – antigo, eterno, para sempre, o começo (Vd. LAÌ, TÍTI-AIYE
LAILALÁ – ilimitado 
LAILANÚ – ingrato (Vd. AIDUPE
LAILEMÍ – morto (Vd. IPÓ-OKÚ
LAILESÉ – inocente (Vd. ÀIJEBI, LAINIBAWI
LAILIDI - irracional 
LAILOKURO – anônimo 
LAÌLOPIN – infinito 
LAILOTÓ – falso, infiel (Vd. NIBURA, AFORANMONI
LAINIBAWI - inocente (Vd. ÀIJEBI) 
LAINI-BATA – descalço 
LAIPÉ – deficiente, imperfeito (Vd. FETÉ
LÁÌPÉ – logo 
LAIPÉ – que não foi chamado 
LAIRÉ - hostil 
LAIRI – invisível (Vd. ALAIHAN
LÁÌSI – sem 
LAISILOJUONÁ – um absurdo 
LAITORO - pertubado 
LAIWÁ – ausente 
LAIWOPÓ – raridade (Vd. ÀIPÓ
LAIYÀ – corajoso (Vd. ALAIBERU
LAIYÉ – sobre o mundo 
LAJA – pacificar (Vd. ELÉRÒ, NILAJÀ
LAKÀYÈ – juízo, senso comum 
LÁLA, LÁ – sonhar 
LALÁ – agitação 
LÁLÉ – noite (à noite – NI ALÉ
LALOJU – iluminar, esclarecer (Vd. FUNNINIMOLÈ
LAMÍ - sinal 
LAMÍ-LAMÍ – libélula (inseto lavadeira) 
LAMÓ – adivinhar 
LÁMÙRÍN – lagartixa 
LÁNÁ - ontem 
LANIYÁN - generoso 
LANÚ – abrir a boca 
LÁNULÈ – bocejar 
LAPÓN – trabalhador (Vd. ALAPON, ÒSISE, ONISE
LÁRA – bruto 
LARÁ – matéria (Vd. NLÁRA
LARA – corpo 
LARÍ – valor (Vd. RIRÍ) 
LÁRÌNKÀ – rato, camundongo 
LARÚN - enfermo 
LASAKÍ – famoso (Vd. ALASAKI, OLOKIKI
LÁSAN – conversa inútil 
LÁTÌ – para, de a fim de, desde 
LÁTÌGBÀ – desde, durante 
LÁTI-IBO? – de onde? 
LÁTIJÓ – antigamente 
LÁTI OWÓ – por (pelas mãos de) 
LÀ YÉ – explicar para 
– poder (verbo) 
- após, mais, sobra 
LE – forte, duro, ser firme, ser capaz 
LEBA – perto 
LÉFO – flutuar, boiar 
LÉGBA - Èsú, Elégbára, Elégba ou ainda Légba, seriam os nomes pelos quais é conhecido este poderoso Orixá, o primeiro criado por Obatalá e Oduduwa, tendo Ogun como irmão mais novo. 
LEGBÉ – junto a 
LÉHÌN – depois, atrás de, após 
LÉHINLÉHIN – muito depois 
LE JADE – expulsar, mandar embora (Vd. DAJADE
LE JÁDE LO – mandar sair 
LEKAN – agora 
LEKKI – Cidade da Nigéria perto de Emina 
LÉKO – educado 
LE KÚRÒ – embora (Vd. LE-LÓ
LELÉ – sobre o chão 
LÉ-LO – mandar embora 
LERÉ - turvo 
LERÍ – no alto, sujeira (Vd. LORÍ, LOKÉ, ÌDOTI
LÉRÒ – achar, ter pensamento 
LÉRÒ WÍPE – achar que, pensar que 
LERÚ – enorme (Vd. LEWÉ, BURU, NLANLÁ
LESE - machucar 
LESSÉ - aos pés (lessé orixá - seguidores do orixá). 
LÉTÀ – carta (Vd. ÌWÉ KÍKÒ
LÉTÒL’TÒ – segmento de um ritual 
LETÚ – rico (Vd. DOSO, ILORÓ, RIJE, OLOWO
LÉWÀ – beleza (ter beleza) (Vd. DÁRA, REWÀ, AREWÀ
LEWÉ – enorme (Vd. LERÚ, BURU, NLANLÁ
LÍLÒ – ida (verbo ir) (Vd. ÍLÒ
LILÓ – útil 
– moer, explorar, gastar, quinar 
– ir, fora!!!! (Vd. LÓ KURÒ ¡!!, KURÒ NIBÈ
– usar, fazer uso de, vestir (Vd.
LÓDÈ - lado de fora, lá fora 
LDE ONI – no presente (tempo) 
LODÓ - no rio 
LÓDÓDUN – anualmente 
LOFÉ - grátis 
LOGUN - pessoa que pertença ao orixá Ogun. 
LÓHUN, LÓHUNYI – ali 
LÓJÓJÚMÓ – em cima de, todos os dias 
LOJO LORI – idoso (Vd. GBÓ
LÓKAN – bravo (Vd. GBOJU
LÓKÈ, LÓRÍ – mensalmente 
LOKÉ – no alto (Vd. LERÍ, LORÍ
LOKUN - forte 
LÓ KURÒ ¡!! – fora!!!! (Vd. KURÒ NIBÈ) 
LÓLA – amanhã 
LOLÓ - ultimamente 
LOLÚ – trancar (Vd. DINÁ
LONÁ - no caminho 
LONA - ontem 
LÓNÍ – diariamente, hoje, neste dia (Vd. ÓNÍ
LÓ-NÍLÈKULÒ – abusar, xingar, blasfemar 
LÓÒGÚN EDE – Divindade yorùbá considerada no Brasil filho de Ibualama ou Inle (Òsóòsì) e Òsun Yéyéponda. Suas insígnias são o ofà e o leque dourado (abebe) de Òsun. Suas cores são o azul e o amarelo-ouro translúcido. Seu dia da semana é quinta-feira. 
LÓ-PO – enrolar, arregaçar (Vd. FIDI, KÁ, WÉ
LORÁ - oleoso 
LÓRÍ – sobre (preposição) 
LORÍ – no alto, sobre, acima de (Vd. LERÍ, LOKÉ
LORUN - no céu 
LÓRÚN – no pescoço 
LÓSÀN – talvez 
LO SÍWÁJU – seguir em frente 
LOSOSÙ – ter dinheiro, mensalmente 
LÓTÍ – ter bebida 
LOTÍTI – estender por muito tempo 
LÓTITÓ - verdadeiramente 
LÓTÚNLA – depois de amanhã 
LÒ URO! – fora! (Vd. KURÒ NIBÉ!
LÓWÓ – ter dinheiro, ser abundante 
LÓYÉ – inteligente (Vd. OMÚ, TAKANKAN
LOYÚN – grávida (Vd. YÚN
LU – furar (Vd. DÁ-LU, GÚN
– golpe, bater, tocar 
LÙ EYIN PO – bater ovos 
LÙ ÌLÙ – bater atabaque 
LUKOUN - pênis 
LUKUSÙ - azul 
LULUBÍ - véu 
LUWÈ – banhar, mergulhar, nadar (Vd. IMOKUN
LUWÓ – espírito guardião que entra na pessoa ao nascer