Follow by Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Ética e Candomblé

Há quem diga que o candomblé é uma religião anti-ética, ou seja, que vai ao encontro da ética estabelecida, qualquer que seja ela. Outros dizem que o candomblé é uma religião anti-ética, ou seja, que não traz em si nenhum código de conduta a respeito do que é certo ou errado.

A tradição oral do candomblé, repassada pelos versos de Ifá, o adivinho, pode ser condensada em 16 odús, ou caminhos, a ser seguidos por todo aquele que cultua orixá:


Ifá nos aconselha:
1º - ÒKÀNRÀN: Não fazer mal a ninguém.
2º - ÉJÌ ÒkÒ: Não sentir ódio nem destratar o outro.
3º - ETÁ ÒGÚNDÁ: Não guardar sentimentos de vingança.
4º - ÌRÒSÙN: Não fazer armadilhas nem caluniar.
5º – ÒSÉ: Não invejar nada nem ninguém.
6º - ÒBÀRÀ: Não mentir.
7º - ÒDÍ: Não corromper nem se deixar ser corrompido.
8º - ÈJÌ ONÍLÈ: Usar bem a cabeça neste mundo e respeitar os segredos alheios.
9º - ÒSÁ: Não ser falso com o próximo.
10º - ÒFÚN: Não roubar, não jurar em falso nem amaldiçoar.
11º - ÒWÓNRÍN: Não matar, não arruinar a vida de outros e ser grato ao bem que nos façam.
12º - ÈJÌLÁ SEBORÁ: Evitar os escândalos e as tragédias.
13º - ÈJÌ OLÓGBON: Respeitar os Ancestrais.
14º - ÌKÁ: Não espalhar doenças, a corrupção e a maldade sobre o mundo.
15º - ÒGBEGÚNDÁ: Respeitar aos mais velhos, as crianças, o pai e a mãe.
16º - ÀLÀÁFÍÀ: Ouvindo estes conselhos não sentirá vergonha no dia que tiver que se apresentar perante Olódùmarè!

Axé awá lonan!
Que a força esteja em nossos caminhos!
"Quando chegará, Senhor, o dia em que virás a nós para reconheceres os teus erros perante os homens?" – Saramago.

DIVULGUE SEU SERVIÇO CONOSCO

Muitas vezes, cada um de nós exerce um tipo de serviço voltado a nossa religiosidade. Seja na confecção de roupas, na venda de mudas de plantas sagradas, na leitura e jogo de búzios. Alguns de nós até possuem lojas voltadas para o povo do CANDOMBLÉ, bem como para a UMBANDA

Outros ainda com criação de vídeos aulas e apostilas, outros na confecção de adereços como fios de contas, Imagens, lembrancinhas para saídas de santo ou obrigações em geral. Outros em telas, esculturas de orixás enfim. 

A variedade de serviços prestados à religiosidade é imenso e intenso. Sem contar em Fundações, Associações que sempre possuem algum tipo de evento a ser realizado e muitas vezes não sabem nem como fazer esta divulgação ser mais expansiva, chegando até você. 

Desta forma, assim como na estrutura antiga do nosso BLOG OLHOS DE OXALÁ. Vamos voltar a fazer esta prestação de serviço aos nossos irmãos que realizam qualquer tipo de trabalho voltado aos membros de nossa religiosidade. 

Um serviço de divulgação, sem fins lucrativos. Mas que por meio de nosso BLOG, podem vir a alcançar muito mais pessoas interessadas do que meramente por cartões e outros meios quais forem. 

Mas como divulgar o seu serviço aqui no BLOG OLHOS DE OXALÁ? É muito fácil. 

Através de nossos emails: olhosdeoxala@gmail.com, manufeshowboy@yahoo.com.br ou pedrobras2003@hotmail.com , ou ainda pelos perfis do BLOG OLHOS DE OXALÁ e JOSÉ PEDRO MANUEL , no ORKUT; vocês podem fazer isso. 

O que é necessário para divulgar seu serviço em nosso BLOG?

Faça um resumo bem abrangente do serviço que você realiza junto a nossa religiosidade. Seja loja, confecção, palestras, enfim o que for. Coloque nesse resumo preços, formas de pagamento. Se houver a possibilidade de fotos do seu serviço em questão, nos envie junto ao resumo de seu serviço prestado. Não deixando de colocar fones de contato, a pessoa responsável, dias e horários mais convenientes para contato.

Tudo que for feito que seja o mais esclarecedor possível, a fim de que cada pessoa que se interessar por um serviço em questão específico, já entre em contato de forma direta e objetiva. 

Deixando claro que o BLOG não se responsabiliza por propagandas enganosas. Mas que todos aqui que estarão postados, anunciando o seu serviço em questão seja de fato verídicos e o quanto mais rápidos no seu modo de atendimento. 

É um jeito fácil de divulgar seu trabalho, bem como ajudar também nosso BLOG OLHOS DE OXALÁ a ser novamente um instrumento de serviço a todos que fazem parte de nossa religiosidade seja ela do CANDOMBLÉ ou da UMBANDA

Vejam os exemplos a seguir:


PROJETO MOJUBÁ



BABA  DUDA  TY  LOGUNEDE



MUDAS:  DENDEZEIRO, OBI ABATA, BAOBÁ, OROGBO, PIMENTA DA COSTA. ESTA  É RARÍSSIMA POIS TENHO DUAS APENAS TRAZIDA POR UM AFRICANO. 

FOLHAS FRESCAS PARA ASSENTAR EXU.

MACASSÁ, ORIRI, OXIBATA, ORI PEPE, E MUITAS OUTRAS  PARA  RITUAL. TENHO  OFÓS QUE VIERAM DA AFRICA PARA COLOCAR  PERFUME  PARA  AMOR.  TRABALHO,  PROTEÇÃO.
COMO  PREPARAR O OSÉ DUDU PARA TODOS FINS.

MSN:  dudalioi@hotmail.com   TELEFONES: 11 63913694 / 1180452057


INTRODUÇÃO - O QUE É COMUNIDADE

Motumbá queridos(as) amigos(as) e irmãos(ãs).

Durante esta semana iremos nos aprofundar de forma bem consciente sobre um tema que vivenciamos dia-a-dia seja no serviço, em casa, na religião. Enfim em todos os lugares em que vivemos e passamos estamos dentro desta realidade inclusive em nossa rua, em nosso bairro, em nosso município, em nosso Estado, e até por que não dizer no País e no Mundo. 

Mas infelizmente muitas vezes não sabemos de fato  o que vem a ser ou representar ou ainda significar a palavra COMUNIDADE. Pois se formos de fato acompanhar as postagens desta semana iremos ver que esta simples palavra engloba não somente a parte física em si. Mas cultural, geral e que possui regras. 

Nesta singela introdução vou oferecer a todos vocês alguns vídeos explicativos sobre este tema. Vídeos estes que abrangem não somente a realidade do Candomblé ou da Umbanda como já sabemos se tratar de um site de cunho religioso africanista. Mas alguns deles com conteúdo católico também e até protestante pois nosso BLOG também é visitado e muito bem visitado por pessoas adeptas a estas duas realidades religiosas e bem participativos e questionadores. Mas que alguns até já se tornaram grandes amigos. 

Para entendermos melhor o tema a ser abordado durante toda esta semana vamos acompanhar este primeiro vídeo que nos mostra em forma de debate o que vem a ser de fato a COMUNIDADE e com assuntos bem atuais.


Como vimos neste simples debate destes jovens, percebemos que o assunto vai muito mais além do que simplesmente explanar o tema. Mas bem como viver e obedecer até regras. Regras estas chamadas muitas vezes de REGRAS DE VIDA.


Determinadas comunidades de vida religiosa como Canção Nova, Shalon, Aliança de Misericórdia, que possuem sua tradição, regras de vida, doutrina, formações e outros tipos de serviços são de realidade Católica. Mas todas em geral possuem uma coisa em comum: A VOCAÇÃO

Uma realidade que para se adentrar numa delas e vir até a ser membro componente delas, existe um período chamado de NOVICIADO. Nós do Candomblé, por incrível que pareça temos também a vivência desta realidade. É exatamente o período em toda pessoa a adentrar no âmbito do CANDOMBLÉ é chamado de ABIAN, ou seja, noviço. Vejamos isto bem claro neste vídeo da COMUNIDADE SHALON:


Percebemos que toda a necessidade para se adentrar numa Comunidade seja ela qual for sua origem, possui de fato um período de adaptação. Período este que serve justamente para se discernir se de fato somos ou não chamados a viver a realidade daquela COMUNDIDADE em questão. Período este em que vivemos na nossa realidade seja ela do CANDOMBLÉ ou da UMBANDA. Onde buscamos encontrar a casa certa, o ambiente certo para nos adaptar e seguir ali suas regras, obrigações e funções. 


Como vimos neste vídeo ocorre a divisão da COMUNIDADE DO CANDOMBLÉ em NAÇÕES. As quais podem até ser dignamente ser chamadas de TRIBOS ou FAMÍLIAS


Mas todas elas em comum acordo que nasce em sua naturalidade. Possuem tipos de serviços voltados a COMUNIDADE que os abrange em geral. Muitas vezes em cunho que envolve a CARIDADE, a BONDADE e a FRATERNIDADE, junto ao povo mais carente. 


Desta forma meus (minhas) amados (as) amigos (as). Percebemos que o assunto em questão COMUNIDADE é muito mais abrangente do que podemos imaginar. Tão profundo que podemos ter CASAS abertas, podemos estar enfrentando certos problemas como discórdias, fofocas. Que muitas vezes chegam a atrapalhar o andamento de um todo. Mas que se elas existem é por que de fato AS REGRAS DE VIDA DA CASA OU COMUNIDADE EM QUESTÃO não estão sendo respeitadas. Ou muito menos foram elas implantadas. Esta é a oportunidade de analisar esta realidade.


Espero que esta pequena introdução do tema, já possa ter mostrado que vamos nos adentrar de fato num assunto vasto e complexo. Axé.