Follow by Email

segunda-feira, 8 de abril de 2013

COLETÂNEA CURIOSIDADES SOBRE XANGÔ - O DIA EM QUE FOI CHAMADO DE COVARDE


O Dia em que Sàngó foi chamado de Covarde 

Sàngó e Èfón entraram em disputa pelo amor de uma mulher muito bela, filha de Àpákò. Por determinação da mulher, Sàngó e Èfón deveriam combater entre si e, no fim de dezesseis dias, ela anunciaria qual dos dois seria considerado vencedor, conquistando assim o direito de desposá-la. Èfón armou-se com um poderoso par de chifres e dirigindo-se ao campo de luta, atacou furiosamente Sàngó que surpreso, bateu em retirada, indo refugiar-se no Orun. 

Naquele tempo, Sàngó era ainda muito jovem e inexperiente, mas aconselhado por Èsù, consultou Ifá para saber de que forma poderia vencer a disputa pela mulher amada. Na consulta, fora-lhe prescrito um sacrifício. Enquanto isso, os adversários de Sàngó espalhavam o boato de que ele era um grande covarde, que havia fugido de Èfón sem opor a menor resistência. 

Sàngó, então, realizou o sacrifício e imediatamente após começou a trovejar. No meio da tempestade, surgiu Sàngó e a cada brado que emitia, numerosos raios saiam de sua boca numa demonstração de seu poder incontestável. Diante de tão assustadora visão, Èfón depôs suas armas e curvando-se, submeteu-se ao poder de Sàngó, suplicando-lhe piedade. 

Após esse dia, nunca mais ninguém ousou chamar Sàngó de covarde 

Que a Grande Divindade do Arco-Íris, o nosso pai Òsùmàrè, olhe por todos, dando vida longa com saúde! 

Terreiro de Òsùmàrè

COLETÂNEA CURIOSIDADES SOBRE XANG^0 - OS 12 MINISTROS


0S 12 MINISTROS DE XANGO 

Bom dia Oba nixé Kawo Kabiesile. 

A corte do rei Xangô e seus 12 ministros homens de confiança reis de varias regiões africanas que em decorrência de terras conquistadas por xango, em vez de Xangô aprisioná-los ou escravizá-los; os fez consultores imediatos de suas decisões em seu reino. 12 homens com sabedoria impar e de decisões que até o próprio Xangô não vacila. Xangô é a justiça, mas nem mesmo ele esta livre dela. 

Por que quem é justo tem que ser o 1 a dar exemplo, e os 12 obás são os da direta de Xangô com direito de vóz e vóto nomes, OBÁ ARÉ ,OBÁ TELÁ, OBÁ KANKANFO, OBÁ ARESSÁ, OBÁ ABIODUN,OBÁ AROLÚ. Os da esquerda que só tem direito as condenações impostas pelo REI XANGO, NOMES: OBÁ ONIKOY, OBÁ OLUGBON, OBÁ ONANXOKÚN, OBÁ XORUN, OBÁ ERIM. 

ESTES 12 REIS, 12 HOMENS E QUE DECIDEM TODO O DESTINO E JUSTIÇA FEITA NO MUNDO POR XANGÔ E TAMBEM FAZ PARTE DE SEU CULTO DENTRO DO CANDOMBLÉ COM INEDITISMO COMPARTILHO COM TODOS IRMÃOS DE FÉ; OS 12 MINISTROS DE XANGÔ. 

ÓTIMA SEGUNDA FEIRA A TODOS; XANGO ABENÇÕE A TODOS NÓS.

COLETÂNEA CURIOSIDADES SOBRE XANGÔ - APRESENTAÇÃO

ÒRISÁ SÀNGÓ 


Xangô, Shango ou Sango, é um Orixá, de origem Yorubá. Cujo mito conta que foi Rei da cidade de Oyo, identificado no jogo do merindilogun pelos odu obará, ejilaxebora e representado materialmente e imaterial pelo candomblé, através do assentamento sagrado denominado igba xango.

Pierre Verger dá como resultado de suas pesquisas que: Shango ou Xangô, como todos os outros imolè (orixás e ebora), pode ser descrito sob dois aspectos: histórico e divino.

Como personagem histórico, Xangô teria sido o terceiro Aláàfìn Òyó, "Rei de Oyo", filho de Oranian e Torosi, a filha de Elempê, rei dos tapás, aquele que havia firmado uma aliança com Oranian.

Shango, no seu aspecto divino, permanece filho de Oranian, divinizado porém, tendo Yemanjá como mãe e três divindades como esposas: Oyá, Oxum e Obá.

Shango orixá dos raios, trovões, grandes cargas elétricas e do fogo. É viril e atrevido, violento e justiceiro; castiga os mentirosos, os ladrões e os malfeitores. Por esse motivo, a morte pelo raio é considerada infamante. Da mesma forma, uma casa atingida por um raio é uma casa marcada pela cólera de xangô.

Sacerdote de Sango - Magba

Sacerdotisa de Sango - Iya Magba

Atabaque de Sango - Ilu bata

Toque favorito - Alujá

Fruto favorito - Orogbo

Bichos - Akunko, Agutan, Ajapá

Comida - Amalá

Foi ele quem criou o culto de Egungun, sendo ele o único Orixá que exerce poder sobre os mortos. Xangô é a roupa da morte, por este motivo não deve faltar nos Egbòs de Ikù e Egun, o vermelho que lhe pertence. Ao se manifestar nos Candomblés, não deve faltar em sua vestimenta uma espécie de saieta, com cores variadas e fortes, que representam as vestes dos Eguns.

PALAVRAS DE PEDRO MANUEL T'OGUM - NOVOS TEMPOS


Motumbá meus irmãos e irmãs, que esta semana se inicie cheia de grandes realizações e vitórias nas suas vidas e na de todos que visitam nosso BLOG OLHOS DE OXALÁ. Que de fato se tornou não somente uma fonte de aprendizado e comunicação. Mas quem faz parte dele se torna membro de uma grande família que é sondada pelos perfeitos e insondáveis olhos de OXALÁ

Antes de mais nada venho pedir ago (desculpas), pelo pouco andamento de nosso BLOG, mas os motivos além de serem sempre louváveis. Agora ainda mais, são de fato decisivos. Fatos que no presente momento me fez ficar alguns dias, verdadeiros momentos de pleno silêncio, pois precisava tomar algumas decisões pessoais, profissionais e acima de tudo espirituais. E o tempo chegou. 

Como meu cigano, JUAN CALIXTO, mesmo deixou claro, chegou o tempo de um novo ciclo. E com isso chega o tempo de dar minha obrigação. E como todos sabem é um período de recolhimento, de abandonar tudo e todos, deixar a vida de lado para dedicar-se unica e exclusivamente ao ORIXÁ. E no meu caso, por falta de um tem logo dois: OGUM E OXAGUIAN, que os amo de paixão.

Em relação ao BLOG também demos uma parada devido a algumas encomendas atuais de LEMBRANCINHAS DOS ORIXÁS, que buscamos de fato não somente nos dedicar pelo pouco tempo devido as datas serem muito próximas e terem nos pedido digamos bem claramente de ULTIMA HORA. Mas como todo bom guerreiro, adoro desafios e com isso IANSA (ONIRÁ), XANGÔ (AGANJU) E OXALUFÃ E OXAGUIAN, foram de fato dignamente confeccionados, honrados e criados com todo amor e devoção.

Mas na presente data que se extende até o dia 21/05, dia do meu recolhimento, devido a minha OBRIGAÇÃO, vamos dar continuidade de forma rápida. Mas nunca parcial, dos assuntos que fazem parte da grade voltada e dedicada ao ORIXÁ XANGÔ. Pai da justiça, dos trovões. 

Desejamos que não deixem de participar, acompanhar e deixar claro o seu comentário sempre que seu coração quizer aqui no BLOG. Pois assim teremos uma noção de quanto o nosso MEIO DE COMUNICAÇÃO, esta atingindo você e de que forma esta ou não contribuindo para seu crescimento.

Pedro Manuel T' Ogum.