Follow by Email

terça-feira, 17 de abril de 2012

MENSAGEM DO DIA



A nossa mensagem do dia foi encaminhada por nossa irmãzinha EKEDI TY AYRÁ, presente em nosso perfil do ORKUT OLHOS DE OXALÁ (O BLOG). Que Xangô possam fazer de suas palavras verdadeiro refrigério para nossa alma. 

HOMENAGEM A RONALDO DE OGUM

Ronaldo de Ogum, filho de Yá Barbara de Oyá, Membro da Família Oxumarê. Um rapaz que este ano estará completando os seus sete anos. Mas que na nossa Espiritualidade tem um futuro muito promissor. 

Membro de nosso perfil no ORKUT OLHOS DE OXALÁ ( O BLOG ) e fíel participante de nosso BLOG OLHOS DE OXALÁ. 




Que nosso Pai Ogum possa estar acompanhando-o em todos os seus passos, projetos e que sua dedicação ao Orixá, possa de fato ser um exemplo pra todos os que buscam chegar onde você esta chegando.

CANTIGAS PARA OGUM - YORUBÁ/PORTUGUÊS



CANTIGAS DE OGUM E SUAS TRADUÇÕES


01
Àwa nsiré ògún ó, èrù jojo
Àwa nsiré ògún ó, èrù jojo
Èrù njéjé

Auá xirê ogum ô éru jójó
Auá xirê ogum ô éru jójó
Érum jéjé

Nós estamos brincando para ogun com medo extremo
Segredamos nosso medo, nos comportamos calmamente,
Mas com medo.

02
Ògún nítà ewé rè, ògún nítà ewé rè
Ba òsóòsí l'oko ri náà lóòde
Ògún nítà ewé rè

Ogum nitá euê ré, ogum nitá euê ré
Ba oxossi okô ri naa lôdê, ogum nitá euê ré

Ogun tem que vender as suas ervas,
Ogun tem que vender as suas ervas,
Encontra-se com oxossi nos arredores da fazenda
Ogun tem que vender suas ervas.

03
Alákòró elénun alákòró elénun ó
Ae ae ae alákòró elénun ó

Alácorô élénun alácorô élénun ô
Aê aê aê alácorô élénun ô

O senhor do akorô (capacete) vangloria-se (de suas lutas)
O senhor do akorô é aquele que conta bravatas.

04
A l'ògún méje iré, aláàda méji, méji

A lôgum mejê ire aláda mêji mêji

Nós temos sete ogun em irê
É o senhor das duas espadas.

05
Ijà pè lé ìjà pè lé ìjà
Alákòró oníré

Ijá puê lê ijá puê lê ijá alácôrô onírê

Ele briga e chama mais briga, e chama mais briga
É o proprietário do akorô, o senhor de irê.

06
E mònriwò l'aso e mònriwò
E mònriwò l'aso e mònriwò

É manriuô láxó é manriuô
É manriuô láxó é manriuô

O senhor que tem roupas e se veste
Com folhas novas de palmeiras.

07
Àkòró gbà àgádá, àkòró gbà àgádá
Ògún gbà àgádá é ògún gbà àgádá
Ògún gbà àgádá é lákòró gbà àgádá

Acorô ba agadá acorô ba agadá
Ogum ba agadá ê ogum ba agadá
Ogum ba agadá ê lácorô ba agadá

O senhor do akorô protege derrubando o inimigo
Com um golpe, ogum protege abatendo o seu
Adversário com um golpe.

08
Ògún a kò fíríì, ògún a kò fíríì
A pàdé l'ònòn kí a wò, ògún a kò fíríì.

Ogum a cô fíríi ogum a cô fíríi
A padê lonã qui a uô ogum a co fíríi.

Nós encontramos ogun, estamos livres e podemos ir embora,
Nós encontramos ogun, estamos livres e podemos ir embora,
Nós encontramos no caminho e cumprimentamos ao vê-lo,
Nós encontramos ogun, estamos livres e podemos ir embora.

09
Ògún àjò e mònriwò, alákòró àjò e mònriwò
Ògún pa lè pa lóònòn ògún àjò e mònriwò
Elé ki fí èjè wè.

Ogum ajô é manriuô alácôrô ajô é manriuô
Ogun pa lê pa lónã ogun ajô é manriuô
Élé qui fi éjé ué.

Ogun o senhor que viaja coberto de folhas novas de palmeira,
Ogun o senhor que viaja coberto de folhas novas de palmeira,
Ogun mata e pode matar no caminho, ogun viaja coberto por
Folhas novas de palmeira, é o senhor que toma banho de sangue.

10
Oní kòtò, oní kòtò n'ilé ògún
Ó ní àwa ajàjà, oní kòtò ó pa òbe.

Ôni cotô ôni cotô nilê ogum
Ô ní auá apaja ôní cotô ô pa óbé.

Senhor da arena, o chefe que compete (opõe-se)
Na casa é ogun, ele é o nosso sacrificador de
Cachorros, senhor da arena ele mata com golpes de facão.

11
Ògún ní kòtò gbálé mònriwò, àwúre
Ògún ní kòtò gbálé mònriwò, àwúre.

Ogum ni cotô bálê manriuô auurê
Ogum ni cotô bálê manriuô auurê

Ogun é o senhor da arena (briga) que varre a casa
Com folhas novas de palmeira, nos dê boa sorte.

12
Oní kòtò oní kòtò nilé ògún
Àwúre dùró do onìjà, àwúre
Dúró do.

Ôni cotô ôni cotô nilê ogum
Auurê durô dô ônijá, auurê durô dô.

Senhor que faz brigar na arena os animais
Senhor cuja casa é a arena, nos traga boa sorte
E pare, cesse a briga, nos traga boa sorte e pare
Cesse a briga, nos traga boa sorte e pare a briga, ogun.

13
A imòn nilé a imòn e dàgòlóònòn kó yá
A imòn nilé a imòn e dàgòlóònòn kó yá

A imã nilê a imã é dagôlónã cô iá
A imã nilê a imã é dagôlónã cô iá

Nossa palmeira da casa, nossa palmeira,
Que o senhor nos dê licença, senhor dos caminhos,
E que ele (o caminho) nos seja facilitado.

COMIDA DE OGUM - PARTE X - INHAME DE OGUM

Motumbá meus (minhas) irmãos (ãs) do BLOG OLHOS DE OXALÁ.

Me perdoem por somente agora estar vindo aqui postar novas novidades para nosso BLOG, a fim de darmos continuidade de nossas informações. Mas o motivo de meu atraso foi que nossa EQUIPE OLHOS DE OXALÁ está atarefada graças a OGUM E A OXAGUIÃ, na confecção de algumas lembrancinhas de Orixás e alguns Catiços, onde agora tomei um tempinho para vir aqui, pois conciliar este serviço, a Equipe que montei pra este serviço e ainda meu lado profissional não é brinquedo não. Isso sem contar com os problemas do dia-a-dia e ainda a recuperação de uma tia que foi recentemente operada do coração.

Mas nada disso me atrapalha para vir aqui e continuar o seguimento de nossa proposta que é as COMIDAS DE OGUM e hoje vamos partilhar um pouco sobre O INHAME DE OGUM.



Ingredientes

7 - Inhames Cabeça;
Oléo de Dende
Mel de Abelhas

Modo de preparar:

Descasca-se os Inhames, cortando-os pela metade. Estas metades serão fritas no Oléo de Dende. Se você tiver um fogão a Lenha melhor ainda. Mas se não tiver pode colocar a frigideira sobre o carvão em brasa para fritar os Inhames. Caso não tenham nem um e nem o outro, pode-se frita-los tranquilamente no fogão mesmo.

Num Alguidar de Barro, os Inhames devem ser postos após fritos de modo que fiquem bem arrumados. Sobre eles rega-se com o Mel de Abelhas. 

Esta é uma comida rápida para seu preparo e de modo fácil de ser feita. Mas é assim como o FEIJÃO DE OGUM, uma das comidas de mais apreço aos olhos de OGUM.