Follow by Email

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

DICIONÁRIO YORUBÁ LETRA M


Dando seguimento ao DICIONÁRIO YORUBÁ, aqui estamos postando algumas palavras correspondentes à letra "M" em nosso uso cotidiano, de nossa RELIGIOSIDADE

Lembrando que esta é uma postagem de colaboração de nosso amigo BABALORIXÁ EDSON DE OXUM, que já se encontrava em nossa grade de postagens, mas que por motivos da re-estruturação de nosso BLOG, a COLETÂNEA DICIONÁRIO YORUBÁ esta sendo postada novamente a fim de seguir dignamente sua sequência, evitando como as demais postagens fugirmos do foco central como ocorreu.

Pedimos desculpas pelo transtorno mas acreditamos que esta sendo proveitosa para muitas pessoas que não acompanharam anteriormente. 


MA, MÁA – habitualmente, de fato, realmente 
MÁ, MÁ SE – não (imperativo) 
MÁ BINÚ– desculpe-me (Vd. DARIJI, MI, FORIJI MI
MAGA ou MAGBA – sacerdote chefe do Orixá Xangô 
MÀILÌ – milha 
MA-INA – acender o fogo 
MÁJÈLÉ – veneno (Vd. ORÓ
MALEKÀ - anjo 
MÀLÚÙ - boi 
MALÚ – vaca (Vd. ERANLÀ, ABO MÀLÚÙ
MALUKÉ – tumor (vd. ÀLEFÓ
MALU ORAN - mula 
MALÚÙ AKO – boi, vaca 
MÀNAMÁNA – raio (Vd. AARÁ, EDÚN AARÁ). 
MÀRÌWÒ – As folhas desfiadas do dendezeiro (Elaeis guyneensis, A. Cheval, PALMAE) que guarnecem as entradas de uma casa-de-santo contra os egún, os espíritos dos mortos. Tala do olho do dendezeiro desfiado. 
MATAMBAInkice (Deuses de origem Bantu) semelhante eo Orixá Oyá (vd. ÌYÁSAN
MAWU –Vodum(Deuses de origem Fom- Djedje) semelhante ao Orixá Oxalá (vd. ÒÒSÀÁLÁ
MBÉ - existir 
MBÒ - vir 
MÉFÀ – seis (numeral) 
MEJÁ – lúcido, brilhante, luzente 
MEJE – numeral sete 
MEJEMÚ – acordo 
MEJEJI – ambos 
MÉJÌ – dois (numeral), casal (Vd. OKOLAYÀ
MELIKURI – Rio que fica nas Montanhas de Kofiu 
MELO? – quanto? (Vd. ELÓ, ÈLÓ NI
MÉLÓ NI – quantos(as)? 
MÉRIN – quatro (numeral) 
MÉRÌNDÍLÓGÚN – dezesseis (numeral) também usado para referir-se a um sistema de adivinhação usado pelos iniciados de Orixás que está baseado nos primeiros 16 versos da divindade Ifá (Odú) 
MÉTÀ – três (numeral) 
METAMETÀ – de três em três 
MÉWÀ – dez (numeral) 
– mexer, balançar 
MI – mim, meu, minha, eu engolir, respirar (Vd. ÈMI
– respirar 
MÌ ARA – balançar o corpo 
MÌ ESÈ – balançar a perna 
MIKÁN – suspirar 
MIMÓ – conhecido, limpo, puro, sagrado (Vd. ÒSESE, ÀIDALU
MIMOGARA - transparente 
MIMOKUN – mancar, manco 
MIMOSINU – secreto (Vd. BOKELÉ
MÌ ORI – balançar a cabeça 
MÍRÀN - outro 
– limpo, limpar, estar limpo, contra, romper o dia 
– conhecer, saber, entender, compreender, resolver, sentir (Vd. IMO
MO – eu (pronome pessoal), formar (Vd. ÈMI
MODAKEKE – cidade populosa situada nas colinas ao sul-oeste de Ijesa 
MODÉ - cheguei. 
MOGBÁ - título de um sacerdote do culto de Xangô. 
MOJÚ – saber, conhecer 
MOJÚBÀ – Louvação endereçada aos ancestrais ilustres, forças da natureza e aos próprios Òrìsà, durante os ofícios litúrgicos. 
MOLE – junto ao chão 
MÓLÈ – brilhar 
MÓLÉ – construir a casa 
MOLÉMOLÉ – construtor 
MÓLÚ – colar, aderir 
MÒNÀ – saber o caminho 
MONGÒRÒ - manga 
MÓORU – tempo quente 
MORA – junto (Vd. SIBIKAN, JÙMÒ
MORE – agradecer 
MÓSÀLÁSÍ – mesquita 
MÓTÒ – motocicleta, automóvel 
MOWÉ – sr capaz de nadar, ser culto 
MOWODURO – abrandar 
MÒYE – compreender, ter percepção 
MU – fumar 
- receber, concordar, pegar, ajudar, socorrer, salvar (Vd. BÒ, GBÀ, GBÉ) 
- beber, tomar, desaparecer, sumir 
MÚ, MUWÀ – pegar 
MUDAKE, MU SE WÓ – acalmar 
MUDE – acorrentar 
MÚ-DÌ - congelar 
MÚ-DÙN – animar 
MÚ-DÚRO – manter, sustentar, fazer ficar em pé ou esperar em pé 
MÚ-FERÈ, MÚ-FUYE - relampejar 
MUFERI – refrescar (Vd. TULARA
MÚ-JÁDE – criar, tirar fora, levar fora 
MÚKAAMI – magoar 
MÚ-KI - congelar 
MUKURÓ, MÙLO - levar embora, tirar (Vd. YESILÉ
MU-LE – endurecer 
MÚLÉKÉ – acusar alguém de mentira 
MULÓMULÓ – liso (Vd. OBOTÓ
MUNIYÍ - enfeitar 
MU OMI - tomar água 
MU OTÍ - tomar bebida 
MÚ ÒYAN, MÚ ÓYON, MÚNYON - mamar 
MURO – erguer, levar (Vd. FASOKÉ, FIKÓ
MUSÁ – enfraquecer (Vd. FEBIPA
MUSISE – ensinar errado 
MUTÌYÓ – bêbado 
MU-TOBI – engordar 
MÚ-WA – buscar, trazer 
MÙWÈ - nadar 
MUWÓ – abrigar 
MUWOLÉ – trazer 
MU-YARÁ – apressar MUZENZA – Diz-se dos filhos-de-santo nos candomblés de "nação" angola. O mesmo que iaô. Por extensão, designa a primeira saída pública do neófito no rito Angola. Significa, literalmente, "estranho ser animado", na etimologia da língua kikongo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.