Follow by Email

terça-feira, 27 de novembro de 2012

COLETÂNEA OXÓSSI NA UMBANDA - ALGUMAS EXPRESSÕES USADAS PELOS BOIADEIROS

Motumbá meus (minhas) amigos (as) do BLOG OLHOS DE OXALÁ, Boa Noite!!!

Aqui estamos novamente para lhe trazer algumas novidades em relação às nossas postagens referentes à COLETÂNEA OXÓSSI NA UMBANDA. Lembrando que estamos abordando a energia dos BOIADEIROS, servidores de OXÓSSI. Assim visando concluir esta parte da COLETÂNEA ainda hoje a fim de darmos entrada no próximo tópico.

Uma linha de trabalho, que manifestadas apresentam alguns termos em seu linguajar muitas vezes não compreendido de acordo com tudo que eles vem realizar a favor de todos aqueles a quem vêem recorrer. Neste caso os BOIADEIROS.


Assim buscamos trazer pra todos vocês alguns destes significados para facilitar ainda mais a compreensão de todos e do que se referem de fato durante suas consultas:

Significado de algumas expressões usadas pelos Boiadeiros (Fonte: “Arquétipos da Umbanda”, Rubens Saraceni, 2007, Madras Editora, página 110) 

Cavalos = filhos de fé; 

Boi = espírito acomodado; 

Boiada = grande grupo de espíritos reunidos por eles e reconduzidos lentamente às suas sendas evolucionistas; 

Laçar = recolher à força os espíritos rebelados; 

Boi atolado = espírito que afundou nos lamaçais e regiões pantanosas; 

Boi açoitado pelos temporais = egum caído nos domínios de Yansã e do Tempo, onde os “temporais são inclementes”

Açoite ou chicote = instrumento mágico de Yansã, feito de fios de crina ou de rabo de cavalo; 

Laço = instrumento do Tempo (Mãe Oyá-Tempo); 

Bois afogados em rios = espíritos caídos nas águas profundas das paixões humanas; 

Bois arrastados pelas correntezas = espíritos arrastados pelas correntezas turbulentas da vida; 

Bois que se embrenharam nas matas e se perderam = espíritos que entraram de forma errada nos domínios de Oxóssi; 

Bois atolados em lamaçais = espíritos caídos nos domínios de Nanã Buruquê; 

Bois perdidos nos pantanais = espíritos que abandonaram a segurança da razão e se entregaram às incertezas das emoções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.