Follow by Email

segunda-feira, 26 de março de 2012

A FUNÇÃO DA YABASSÊ NO CANDOMBLÉ

Iyabassê

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

No candomblé, a Iyabassê ou Iyabassé é responsável pelo preparo dos alimentos sagrados. Todos iniciados podem auxiliá-la, sendo ela a responsável por qualquer falha eventual.


Muitos se perguntam: YALASÉ, para que serve dentro de um terreiro de candomblé??? 

O que faz?? 

Qual a sua importancia?? 

Para que serve? 

Esse posto existe em todos os asés?? 

É a mesma coisa de yabassé??? 

Bem, ja se começa que esse posto é muito usado no Gantois e é totoalmente diferenciado do posto de yabassé.


A YABASSÉ cuida dos asés do sacrificios e dos segredos da cozinha do orisá, e as vezes até da cozinha de brancos[comida do dia a dia das pessoas do terreiro]. 

È muito comum ter yalasé em asés no qual a liderança é masculina, alguns citam como a yalorisá do asé após o babalorisá ,ou mesmo a yalorisá junto com o babalorisá, ou posto para assumir pos-mortem do babalorisá,, mas porque uma yalorisá em casa de babalorisá? 

Tentarei dar uma explicação na qual me ensinaram: Em uma casa de candomblé a partir que todos são participantes de uma mesma família espiritual, se estabelecem como uma familia biológica, quase sanguínea, e sempre há a proibição de casamentos ou relacionamentos entre os irmãos, pais, e filhos de santo. 

Explicarei o DNA espiritual de uma casa de candomblé: Eles poderão ser: IRMÃOS DE SANTO. São todos aqueles que forem iniciados ou tomarem obrigações com o mesmo babalorisá. 

IRMÃO DE ESTEIRA: são irmãos que foram iniciados ou tomaram obrigação juntos na mesma casa de candomblé,fazendo parte do mesmo grupo de iniciados , conhecidos também como irmãos de barco. 

IRMÃO DE AXÉ: são todos que foram iniciados ou tomarem obrigações na mesma casa de candomblé, mas por pessoas diferentes,podendo ser até do mesmo barco ou de esteira.Esta questão de legitimidade de axé de poder ou não poder fazer, determina normas até para o babalorisá, yalorisá e yalasé, eles não podem iniciar seus irmãos carnais, seus pais e filhos carnais. 

Eles poderão ser iniciados na mesma casa do candomblé , mas pelas mãos de outra pessoa. 

Qual enfim a utilidade da yalasé no terreiro de candomblé? 

Vou dar um exemplo prático para o entendimento desse posto: 

Um casal que ou o marido ou a mulher já seja iniciados na casa do candomblé, e o outro precisa se iniciar ou tomar obrigação e alimenta o forte desejo de ser da mesma casa, ou se for suspenso ogan ou ekedy (yorubá, no Gantóis), o babalorisá ficará sempre a frente de tudo, dando toda a orientação da iniciação ou obrigação, mas quem irá iniciar será a yalasé, isso fará que os dois não se tornem irmãos de santo. 

Este processo, é utilizado para manter todos numa mesma casa de candomblé, participando todos do mesmo asé. 

Serão filhos de direito do babalorisá, mas não de fato. 

Serão irmãos de asé e não de santo. 

Este processo também é para que não se perca o critério de respeito e seriedade da religião, servindo também para os homossexuais de relacionamentos fixos. A yalasé também inicia certos orisá na qual o babalorisá, por ser homem, não pode colocar as mãos, não pode inicar, exemplo: NANÃ, EWÁ e YOBA


E qual a função da YAKEKERÊ

A YAKEKERÊ é a mãe pequena do terreiro, ela auxilia nas iniciações dos yawos, YAKEKERÊ não pode fazer as funções da YALASÉ, pois se a ela fosse dada a função de iniciar as pessoas as quais o babalorisá não pudessem, ou os orisá a qual a homem não se é permitido por as mãos, ela seria da mesma forma irmãs deles e o problema de consangüinidade espiritual permaneceria por ter sido ela iniciada ou adoxada pelo mesmo osú que todos os irmãos usam. 

Qual a função e utilidade dela em um terreiro que tenha YALASÉ

Na verdade, o que uma JIBONÃN (mãe criadeira) faz com os seus filhos que ela esta criando, a YAKEKERÊ deve fazer com todos do egbé (terreiro). A YAKEKERÊ reúne os atributos de mestra e fiscalizadora dos ensinamentos ancestrais e a determinação da YALASÉ, pois a YAKEKERÊ divide com a YALASÉ, ombro a ombro, as responsabilidades civis e religiosas do terreiro. 

A YALASÉ é o cartão de visita do terreiro, e no impedimento ou sua ausência a YAKEKERÊ responde pela parte da YALASÉ

Assim como o BABALORISÁ é o porta voz do orisá patrono, e a YALASÉ a porta voz do BABALORISÁ, a YAKEKERÊ é porta voz da YALASÉ perante a comunidade, pois o terreiro de candomblé é um modo de viver com hierarquia, como em um quartel. 

No interior de um barracão sentam-se em suas cadeiras com suas posições de postos como em uma reunião hierárquica de quartel: ao lado direito da cadeira do BABALORISÁ senta-se a YALASÉ, ao lado esquerdo do BABALORISÁ, as cadeiras da YAKEKERÊ, YÁ EFUN, JIBONÃN DO ASÉ, YÁ EGBÉ, e outros postos e cargos do asé. 

Os convidados de outros terreiros como babalorisá, yalorisás, ogans, ekedys, sentam-se em cadeiras ao lado da yalasé. 

BABALORISÁ: pai do orisá, sacerdote iniciado e com obrigações cumpridas, preparado para o exercícios de sacerdote ao culto aos orisás. 

YALASÉ: (para alguns o mesmo de YALORISÁ) palavra reduzida do termo que significa e fala sobre um dos princípios mais antigos da criação: iyagbalabá, agbalabá e yaagbá!


Postado por Egbomi Odé Mirò  

Iyakekerê
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Iyakekerê é o mesmo que Mãe Pequena, é a segunda pessoa na casa, na ausência da Iyalorixá ou Babalorixá é ela que assume o comando. Está sempre presente e faz parte de todos os preceitos e obrigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.