Follow by Email

sábado, 1 de dezembro de 2012

COLETÂNEA OXÓSSI E A CAPOEIRA - OS MESTRES DA ATUALIDADE

Vamos nos adentrar um pouco mais quanto aos grandes mestres desta prática, que vem desde os tempos primórdios dos escravos negros, como nosso tão amado CANDOMBLÉ veio, superando séculos e lutas sem fim.

Capoeira de Angola


Mestre Pastinha (Vicente Ferreira Pastinha), fundou a primeira escola de capoeira Angola legalizada pelo governo baiano.


Mestre João Pequeno, aluno de Pastinha, é o mais velho e reconhecido mestre da capoeira Angola de Pastinha em atividade.


Mestre João Grande, aluno de mestre Pastinha, um dos mais reconhecidos mestres de capoeira Angola em atividade, comanda ainda hoje seu grupo na cidade de Nova Iorque.


Mestre Nô, (Norival Moreira de Oliveira), fundador dos grupos Retintos, Orixás da Bahia, Capoeira Angola Palmares e da associação Brasileira Cultural de Capoeira Palmares (ABCCP).


Camafeu de Oxóssi, foi um mestre de capoeira e figura de destaque no candomblé baiano. Vide postagem: PERSONALIDADES DE OXÓSSI.


Mestre Burguês, fundador da federação Paranaense de capoeira em 1985. Teve dezenove CDs de capoeira produzidos.


Mestre Camisa Roxa (Edvaldo Carneiro e Silva), aluno de Bimba, grão-mestre do grupo Abadá, divulgador da capoeira no exterior.


Mestre Celso Carvalho Nascimento, mestre carioca, sendo-lhe atribuído um estilo único, um dos mais antigos capoeiristas do Rio de Janeiro em atividade.


Mestre Mão Branca (William Douglas Guimarães), mestre mineiro fundador do grupo Capoeira Gerais, que propaga a capoeira para mais de 22 países.


Mestre Peixinho (Marcelo Azevedo Guimarães), mestre do Rio de Janeiro, fundador do centro Cultural Senzala de capoeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.