Follow by Email

terça-feira, 24 de abril de 2012

RELIGIOSOS COMEMORAM DIA DE SÃO JORGE

Motumbá meus (minhas) amigos (as) do BLOG OLHOS DE OXALÁ

Percebemos que no dia de ontem, 23/04/2012, pelo Brasil inteiro e até em alguns países do mundo, as festividades em honras e homenagens a São Jorge, tanto na IGREJA CATÓLICA, bem como para a UMBANDA SAGRADA e o CANDOMBLÉ foram e ainda continuam sendo muitas.

Bem sabemos que na UMBANDA SAGRADA, a pessoa de SÃO JORGE, através do SINCRETISMO RELIGIOSO, é venerada como o grande ORIXÁ OGUM. Data esta que para nós do CANDOMBLÉ também não ficou para trás. Sendo que ainda em muitas casas, até o mesmo de Junho as festividades, rodas e xirês serão dedicadas a este ORIXÁ, bem como em algumas casas comemora-se junto com o ORIXÁ OXÓSSI.

Hoje, eu me preocupei em partilhar com todos vocês algumas das festividades e acontecimentos do dia de ontem, pois bem sabemos que nosso BLOG OLHOS DE OXALÁ, visa estar sempre atualizado mas além disso com temas atuais, buscando assim evitar-se cair na mesmiçe. Assim sendo resolvi postar alguns artigos encontrados em nossas pesquisas a fim de que nosso amado OGUM, possa ser mostrado de uma forma clara, limpa e bonita, através da pessoa de SÃO JORGE

SALVE JORGE!!!

Jorge, um dos maiores mártires do cristianismo, nasceu na Capadócia região que atualmente pertence à Turquia e depois da morte de seu pai, resolveu seguir a carreira militar, a qual lhe levou, anos mais tarde, ao posto de capitão do exército romano.

Adepto ao culto de deuses pagãos, o Imperador Diocleciano tinha plano de matar todos os Cristãos. Às vésperas de por em prática, em reunião para promulgar o decreto, Jorge, que nesta época já era Conde da Capadócia se levantou e declarou sua devoção a Jesus Cristo e a um único Deus.

A partir disto, Jorge passou a ser torturado de vários modos, como uma maneira de fazê-lo renunciar à própria fé, mas ao contrário, seu sofrimento serviu de testemunho capaz de converter a muitos e para que o Cristianismo não se propagasse ainda mais, Jorge foi condenado a morte e degolado no dia de 23 de abril de 303 d.C.

SÃO SEBASTIÃO É DO RIO DE JANEIRO, MAS O RIO É DE SÃO JORGE.


Após sofrer tamanho mal, simbolizado na figura do dragão, com plenitude, fé e grandeza, representada na figura do cavalo branco, a devoção ao mártir tornou-se popular e ganhou o mundo. Hoje o santo guerreiro é padroeiro da Inglaterra, Portugal, Geórgia, Catalunha, Lituânia, da cidade de Moscou, dos escoteiros, do Sport Club Corinthians, da Cavalaria do Exército Brasileiro e até a cidade do Rio de Janeiro que tem em São Sebastião seu padroeiro, celebra ao santo, grandiosa homenagem.

No Rio de Janeiro, São Jorge é patrono da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, e teve feriado decretado no estado inteiro em 05 de março de 2008. Na justificativa do projeto de lei o autor diz que “no período imperial, foi ordenado por D. João I que sua imagem (de São Jorge) saísse na procissão de Corpus Christi, montado em um cavalo; o que ocorreu em 1387 pela primeira vez no Brasil. São Jorge é invocado como defensor das almas contra os demônios, tentações e atos de feitiçaria. É popularmente reconhecido como o grande guerreiro que está sempre disponível para atender aquele que deposita sua fé”.

FIÉIS DO PARQUE SÃO JORGE


Foi pela devoção a São Jorge que há cinco anos, um grupo de fiéis da Paróquia de Santo Antônio, dividida na sub paróquia de São Vicente de Paula, se uniram para erguerem a Capela de São Jorge.

Depois de comprado o terreno, há três anos, é com quermesses e festivais de prêmios que tijolo a tijolo o sonho vai, aos poucos se concretizando.


Em 2012 os fiéis organizaram um trido, três dias de orações ao Santo, com culminância nesta segunda-feira (23/04), com a saída de uma procissão às 19h, percorrendo em algumas ruas do bairro e finalizando na capela que fica à Rua Professor Bernardino Rocha, 120, onde será celebrada uma missa, onde o Padre Geovane, apresentará a planta da futura igreja, feita também por um fiel voluntário.


Membro da comissão da Capela de São Jorge, Ângela Maria de Souza e seu marido Manoel Rangel da Silva, mais conhecido como Maneco, sabem bem que só com trabalho a obra do Senhor poderá ser erguida. Todos os domingos o casal acorda bem cedo para arrumar a capela, que ainda faz lembrar um galpão, mas que pela fé se eleva a Catedral, pela fé das orações dos fieis.

“Todo o tipo de ajuda será bem vinda. É pela fé que estamos construindo tudo isso. Ganhamos os tijolos e sabemos que não existe vitória sem luta”. Diz a fiel.

SINCRETISMO RELIGIOSO


No sincretismo religioso, nas celebrações da Umbanda no Rio, Recife e em Porto Alegre, São Jorge é representado por Ogum. Já na Bahia, o Santo é associado a Oxossi e Ode e de acordo com estudos do professor de Teologia da PUC (Pontifícia Universidade Católica), João Décio Passos, atualmente o culto a São Jorge é mais presente nas religiões afro-brasileiras do que no catolicismo.

Através de estudos o pesquisador revelou que a devoção ao santo foi difundida pelo catolicismo, através dos portugueses, que tem São Jorge como padroeiro, mas foi através dos cultos religiosos nas senzalas, onde os negros substituíam o nome de suas divindades por nomes de santos do catolicismo, que as homenagens de propagaram.

ORAÇÃO DE SÃO JORGE


Chagas abertas, sagrado coração todo amor e bondade, o sangue do meu senhor Jesus Cristo no meu corpo se derrame, hoje e sempre. Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge, para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem, e nem em pensamento eles possam ter para me fazerem o mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças quebrarão sem meu corpo chegar. Cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrarem.

Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder da sua santa e divina graça, a Virgem Maria de Nazaré me cubra com seu sagrado e divino manto, me protegendo em todas as minhas dores e aflições e Deus com a sua divina misericórdia e grande poder seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos, e o glorioso São Jorge em nome de Deus, em nome de Maria de Nazaré , em nome da Falange do Divino Espírito Santo estenda-me o seu escudo e as suas armas poderosas defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza dos meus inimigos carnais e espirituais , e de todas as suas más influencias, e que debaixo das patas de seu fiel Ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a Vós sem se atreverem a ter um olhar sequer que me possa a prejudicar.

Assim seja com o poder de Deus de Jesus Cristo e da Falange do Divino Espírito Santo, Amém.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.