Follow by Email

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A LINHA DOS BOIADEIROS - PARTE I


A linha dos boiadeiros é uma das mais importantes linhas da Umbanda, devido a importância e necessidade de se desenvolver e trabalhar com essa linha.

É composta por homens que em vida trabalharam com gado, guiando suas boiadas, depois de desencarnados muitos destes bravos homens aceitaram trabalhar na Umbanda, agora,  ao invés de laçar e guiar para um local bois e vacas, são espíritos mais endurecidos, obsessores (kiumbas), vampiros astrais entre outros…

Boiadeiras (mulher) : foi constatado em muitas casas médiuns que trabalham com boiadeiras , geralmente  são poucos os casos de médiuns que trabalham com elas, talves pelo fato de que antigamente era muito raro ter mulheres trabalhando no manejo de gado (lembrando que a força de uma boiadeira é tão forte quanto a de um boiadeiro!).

Boiadeiros de berrantes : boiadeiros que, quando em terra costumam soltar um brado forte e vibrante, estes com seu brado, afastam os kiumbas e dissolvem qualquer miasma de negatividade que possa estar ou no local ou com alguém que esteja no local.

Boiadeiros laçadores : boiadeiros que, quando estão em terra giram o braço como se estivessem com um laço na mão (e realmente estão!),  são estes os boiadeiros que laçam os kiumbas.
Segundo pesquisa de Estudiosos de teologia umbandista foi relatado que existem algumas “categorias” de boiadeiros,entre elas :

Alguns nomes de boiadeiros: Zé do laço, Capitão do mato, Zé vaqueiro, Cerca viva, Chicote bravo, Zé do berrante, Maria do laço, Boiadeira das matas, entre tantos…

Boiadeiros :

Comprimento: Getrua, Xeto marrumba xeto;
Bebidas :  Cerveja branca;
Fumo:  Charutos;
Objetos de trabalho : chicote, laço;
Objetos de vestimenta : Chapéu, berrante, capa (em alguns casos);“Realmente, quem nunca sentiu o coração vibrar e um arrepio forte com um brado de um boiadeiro???”
Essa entidade é muito requisitada em trabalhos de desobsessão, pois laçam esses obsessores e levam eles para o local de seu merecimento (cuidados nas colônias espirituais ou de volta as camadas inferiores).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta postagem? Deixe aqui seu comentário, sugestão, critica a fim de melhorar nossos serviços.